Chaise-Longue

Julho 30 2014

É chocante assistir à luta fratricida entre os dois Antónios do PS, fracturando a organização em

consequência da apetência pelo poder ( mesmo, como é o caso, "queimando" etapas legais )

daquele que entende ter força suficiente nas costas para suportar dois cargos e duas cargas .

Do actual António já todos analisámos as capacidades ao longo dos últimos três anos .

Do outro António, pretendente ambicioso, é visível o proteccionismo e o "aconchego" de que

beneficia na generalidade dos órgãos de comunicação social .

Exaltam e incensam até, em especial, a sua "magia negocial" .

Magia negocial essa que ainda recentemente se revelou um autêntico bluff - basta ver o desenlace

da greve do lixo, na qual o António em causa transigiu em toda a linha, aceitando, de modo faseado

embora, todas as reivindicações dos grevistas .

A isso não se chama magia, nem sequer sucesso negocial .

Não há dúvida : o tempo dos Antónios já lá vai .

E no futuro próximo ver-se-á se o vencedor deste duelo fratricida entre os dois Antónios não virá

a sofrer uma queda ainda mais fragorosa do que o simples tombo de uma qualquer cadeira .

publicado por Loscar Elmano às 22:20

Julho 17 2014

Em recentes declarações ao jornal "Público" o socialista Ferro Rodrigues expressou a opinião de

que a actual situação do país exige um entendimento "mais amplo do que tem sido tentado" e 

que "vá do centro direita à esquerda" .

Acrescentou FR que mesmo um acordo com o PSD não é de excluir, embora fazendo uma ressalva :

"O acordo não pode ser com este PSD, mas há no PSD muita gente que está sem expressão no

seu partido, que está contra a política de Passos Coelho e esses vão emergir .

Após a derrota deste Governo haverá uma nova realidade no PSD" .

E, não perdendo a oportunidade para continuar a colocar pregos no caixão de António José Seguro,

disse ainda que a ponte entre os dois maiores partidos portugueses será feita por António Costa,

pois o autarca "tem demonstrado essa capacidade de construir pontes na Câmara" .

Espantosas declarações estas !

O acordo não pode ser com este PSD mas sim com a nova realidade no PSD subsequente à derrota

do partido nas próximas eleições legislativas - que eu saiba FR não é militante do PSD ( e, mesmo

que o fosse, não teria mais do que um simples voto na intervenção para a escolha do presidente

do partido ); uma eventual nova realidade no PSD será construída por todos os seus militantes e

pode muito bem não se concretizar nos termos sofregamente desejados por FR .

Quando se tenta construir uma coligação de governo ou um acordo de incidência parlamentar o

importante, mais do que as pessoas, é o conteúdo a que se chega, resultante naturalmente de

cedências mútuas . As parcelas de abdicação dos respectivos Programas de Governo é que, de

forma equilbrada, poderão garantir o êxito negocial . E não poucas vezes - embora apenas ao fim

de longas e difíceis negociações - são concretizados acordos que, a priori, eram tidos como muito

improváveis . 

Mas é o que sucede em democracias consolidadas, exemplo que não seria mau - antes pelo contrário

- copiar em Portugal .

publicado por Loscar Elmano às 00:02

Julho 16 2014

Foi muito curioso assistir no passado domingo ao desenrolar do telejornal das oito da noite na

TVI sem nele aparecerem os habituais comentários de Marcelo Rebelo de Sousa .

Mas mais curioso ainda foi vê-lo "ressurgir" no dia seguinte, como se tudo estivesse dentro do

normal .

Ora a verdade é que ou Marcelo, ou a TVI, ou mais provavelmente ambos, fugiu/fugiram ao

confronto com um adversário temível - a final do Campeonato Mundial de Futebol - que era bem

capaz de desfazer a aura de que Marcelo é líder absoluto e incontestável das audiências .

Para um muito possível ( embora nunca assumido ) candidato a Presidente da República esta

manifestação de fraqueza constitue um sério handicarp .

Quem se furta à luta com um jogo de futebol ( se bem que relevante ) pode deixar no espírito

de muitos milhares a dúvida quanto à sua capacidade para exercer o relevante papel moderador

que cabe ao Supremo Magistrado da Nação, ainda mais nos tempos conturbados que Portugal

vive .

Em suma : um ídolo com pés de barro !

 

publicado por Loscar Elmano às 00:03

Julho 10 2014

Através do despacho nº 8826/2014, de 1 de Julho, publicado no D.R. nº 130, de 9 seguinte, foi

determinada a cessação de funções da licenciada Maria Gabriela Certão Ventura como gestora

da autoridade de gestão do PRODER .

Vamos assim, muito provavelmente, deixar de ter o privilégio - nós, que não sendo latifundiários

nem sequer pequenos agricultores, não frequentamos as sessões de apresentação do PRODER -

de apreciar, nas páginas os jornais e/ou nas imagens televisivas, as indumentárias da Gabriela,

que constituiam um verdadeiro regalo para os olhos .

publicado por Loscar Elmano às 00:20

Site de poesia, pensamentos, análise política e social, polémica, pontos de vista, interrogações e inquietações . Aparece de quando em vez, sem obrigações calendarizadas .
mais sobre mim
Julho 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
11
12

13
14
15
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
31


pesquisar
 
subscrever feeds
blogs SAPO