Chaise-Longue

Dezembro 26 2017

Nas vésperas do Natal PSD, PS, BE, PCP e PEV - honra ao CDS-PP e ao PAN que votaram contra -, quase pela calada da noite, aprovaram uma legislação natalícia, engordando-se de forma despudorada .

O que aprovaram ?

* Financiamento sem restrições para as suas máquinas partidárias . Existia um limite, que era de cerca de 630.000€ - 1500 vezes o valor do indexante de apoios sociais -, passando o financiamento, a partir da entrada em vigor desta lei iníqua, a ser ilimitado .

* Devolução de todo o IVA pago, até aquele que não se mostre relacionado de forma directa com as suas actividades políticas e a promoção da organização .

* Possibilidade de ocupação gratuita  de imóveis ou outros espaços detidos pelo Estado ou por IPSS .

Ficamos à espera para ver se o Presidente da República, no intervalo de selfies, mergulhos, abraços e beijinhos, mostra ser capaz - como espero - de uma atitude firme quando este diploma vergonhoso chegar ao Palácio de Belém .

publicado por Loscar Elmano às 21:18

Honra a quem? Março de 2010: Paulo Portas pedia que os partidos ficassem isentos de IVA pois "são a base da democracia nacional e deviam ser equiparados a estruturas sem fins lucrativos". 2013: CDS apresentou a sugestão de isentar de IST todas as operações com ligações a partidos políticos (traídos pelo PSD que votou contra). 2017: Assunção Cristas exige que os partidos passem a pagar mais IMI em troca de não pagarem IRC nem IVA sobre as suas operações.
Curiosamente, 3 meses depois, votaram contra essa medida porque ninguém mexeu no IMI. Chama a isto honra? Eu chamo-lhes MENTIROSOS e Corruptos, que agem conforme a opinião pública aponta.
Manuel Rocha a 27 de Dezembro de 2017 às 12:25

Mais vale tarde do que nunca no reconhecimento dos erros .
Estes agora são enormes e inaceitáveis, juntando-lhes a chocante atribuição de carácter retroactivo às alterações, com o objectivo de anular processos judiciais em curso .
Os deputados legislaram em interesse próprio, pelo que é de esperar que o Presidente da República não pactue com esta falta de vergonha e tanta desfaçatez .
Loscar Elmano a 27 de Dezembro de 2017 às 17:03

Quando legislam em causa própria deviam dar o exemplo! Mas, não resistiram à tentação de utilizarem a faca e o queijo, que tinham na mão, para criarem leis de exceção!
Não consigo compreender, por que razão continuam a dizer, que não tem custos para o Estado.
cheia a 29 de Dezembro de 2017 às 19:37

Dizem, mentindo, que não tem custos para o Estado para tentarem acalmar o povo que está farto das malfeitorias dos deputados que só pensam em manjedoura farta .
Claro que há custos para o Estado - se um simples café ou um cálice de Vinho do Porto com 30 anos deixa de pagar IVA num bar de um partido político qualquer ( ao contrário do que sucede num estabelecimento seja ele qual for ) as receitas fiscais do Estado reduzem-se e ou se aumentam outros impostos ou se corta na despesa .
Ainda tenho esperança num momento de lucidez do Presidente da República - embora este, numa primeira fase, tenha tentado que o "trabalho" fosse realizado por outros ...
Loscar Elmano a 29 de Dezembro de 2017 às 22:24

Site de poesia, pensamentos, análise política e social, polémica, pontos de vista, interrogações e inquietações . Aparece de quando em vez, sem obrigações calendarizadas .
mais sobre mim
Dezembro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
21
22
23

24
25
27
29
30

31


pesquisar
 
blogs SAPO