Chaise-Longue

Fevereiro 29 2016

Façamos um pouco de história :

* antes do Senhor Pinto de Sousa, com as suas megalomanias, ter colocado Portugal na dependência asfixiante de Bruxelas, os nossos Governos definiam sem condicionalismos externos as regras de actualização dos escalões do IRS ;

* normalmente essas actualizações ocorriam tendo como referencial a previsão da inflação para o ano civil em causa ;

* depois, face à bancarrota iminente, chegou a Troika e deixaram de ter lugar actualizações nos escalões do IRS ;

* recuperada, se bem que dentro de certos limites, a capacidade gestionária de Portugal, seria de esperar que o Governo minoritário do PS ( apoiado nos bastidores pela extrema esquerda ), depois de tanto agitar a bandeira do fim da austeridade, também nesta matéria agisse de acordo com o que proclama .

Só que nao é assim .

O Governo de António Costa, menos asfixiado pelo garrote de Bruxelas, actualizou os escalões do IRS - só que, em vez de agir tendo em conta a inflação esperada para 2016 ( 1,2% ), efectuou a revisão com base na inflação que se estima ter ocorrido em 2015 ( 0,5% ) .

Ou seja : apesar de tão tonitruante mensagem do fim da austeridade os  portugueses vão continuar a perder poder de compra .

A Troika já saiu de Portugal, mas as coisas continuam como se ainda cá estivesse ...

publicado por Loscar Elmano às 22:39

Site de poesia, pensamentos, análise política e social, polémica, pontos de vista, interrogações e inquietações . Aparece de quando em vez, sem obrigações calendarizadas .
mais sobre mim
Fevereiro 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
13

14
15
16
17
18
20

21
22
24
26

28


pesquisar
 
blogs SAPO