Chaise-Longue

Julho 29 2016

Tenho consciência de que o Presidente da República ( PR ) Marcelo Rebelo de Sousa ( MRS ) conta actualmente com uma percentagem brutal de opiniões positivas pelo comportamento no desempenho do seu alto cargo .

Permito-me, contudo, alinhar pela minoria que assim não pensa .

Não por entender que o PR não possa ( ou não deva mesmo ) ser uma pessoa de afectos .

Claro que pode ( e deve ) sê-lo .

Mas sem que com isso minimize a sua alta função .

Um PR tem que saber seleccionar os eventos - não pode banalizá-los nem banalizar-se .

Nem todos os acontecimentos justificam a presença do PR .

Nem todas as situações são de molde a merecer uma palavra ou um comentário do PR .

MRS andou anos e anos a "investir" numa linha de propaganda pessoal , tornando-se dia a dia mais conhecido .

Mantinha um tabu, só que com ele não convencia ninguém ...

Falava de tudo e de nada, com profundidade algumas vezes, com ligeireza em muitas outras .

Alcançou com o investimento feito o seu objectivo .

Seria expectável que agora adoptasse um comportamento mais ajustado ao papel que cabe a um PR .

Só que, infelizmente, assim não é - dezenas de anos de comentador de tudo e de mais alguma coisa continuam a sobrepor-se ao comportamento selectivo que deve ser apanágio de um PR .

publicado por Loscar Elmano às 20:38

Site de poesia, pensamentos, análise política e social, polémica, pontos de vista, interrogações e inquietações . Aparece de quando em vez, sem obrigações calendarizadas .
mais sobre mim
Julho 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
12
13
14
15
16

17
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
30

31


pesquisar
 
blogs SAPO