Chaise-Longue

Dezembro 06 2015

São referidos de forma generalizada dois motivos para a recusa do PCP em assinar um documento conjunto com o PS, o BE e o PEV .

O primeiro baseia-se no facto de assim ser mais fácil ao PCP - gerindo habilmente os termos do "compromisso" de molde a conseguir, de certo modo, estar com um pé dentro e outro fora do Governo (dentro, pressionando para que o PS introduza as alterações legislativas que a ele, PCP, interessam ; fora, através da sua "força armada", a CGTP-IN,  aumentando ainda mais a pressão com as manifestações de rua ) - obter dividendos .

O segundo teve em vista não se juntar, no mesmo documento, com aquele que agora passou a ser o seu inimigo principal - o BE - em virtude de este o ter ultrapassado em percentagem de votantes e em número de deputados .

Mas existe um terceiro motivo, motivo esse que, estranhamente, não tenho visto ser referido .

Trata-se do objectivo de tentar fazer passar para a opinião pública a ideia de que o PEV é um partido autónomo e não apenas um "apêndice" do PCP .

Objectivo que, contudo, me parece ter sido pouco conseguido, se é que o chegou a ser, mesmo  em reduzida escala . 

publicado por Loscar Elmano às 19:08

Site de poesia, pensamentos, análise política e social, polémica, pontos de vista, interrogações e inquietações . Aparece de quando em vez, sem obrigações calendarizadas .
mais sobre mim
Dezembro 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
19

21
24
25
26

27
28
29
30
31


pesquisar
 
blogs SAPO