Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Chaise-Longue

Site de poesia, pensamentos, análise política e social, polémica, pontos de vista, interrogações e inquietações . Aparece de quando em vez, sem obrigações calendarizadas .

Site de poesia, pensamentos, análise política e social, polémica, pontos de vista, interrogações e inquietações . Aparece de quando em vez, sem obrigações calendarizadas .

O descontrolo do Governo de António Costa é cada vez mais notório

É um executivo em queda livre .

Como se já não bastasse a descoordenação total entre os Ministros Matos Fernandes e Nelson Souza a propósito do metropolitano de Lisboa surge agora o contencioso com Bruxelas .

A União Europeia decidiu avançar com uma acção contra Portugal, em virtude de os veículos usados importados de outros Estados continuarem sujeitos a impostos superiores aos aplicados aos carros comprados no nosso país .

O Governo considera que é " incompreensível e contraditória a decisão de Bruxelas " .

Como ? Incompreensível e contraditória ?

Se é incompreensível terá que se entender que o Governo não a compreendeu e, portanto, não pode achá-la contraditória ( nem outra coisa qualquer ) .

Se é contraditória então o Governo não a pode ter achado incompreensível, uma vez que lhe foi possível entendê-la .

Afinal, em que ficamos ?

Mais uma "jogada" do juiz Ivo Rosa ?

Têm sido imensas as decisões controversas do juiz Ivo Rosa na Operação Marquês .

Em confronto permanente com o Mº Pº este tem-se visto forçado a interpor recursos atrás de recursos - recursos esses normalmente ganhos -, processo litigioso que muito tem contribuído para o chocante atraso no desenvolvimento do processo .

José Sócrates mostrou-se feliz com a distribuição - muito controversa - do processo ao juiz Ivo Rosa em detrimento do juiz Carlos Alexandre .

E todo o desenrolar processual não tem deixado de lhe dar razão, uma vez que as decisões de Ivo Rosa ( revertidas pela Relação ) revelam-se sempre negativas para a acusação e, em consequência, favoráveis a José Sócrates .

Agora, para alguns espíritos cândidos, uma recente decisão de Ivo Rosa apresenta-se-lhes como contrária aos interesses de José Sócrates .

Foi a decisão de imputar ao senhor Pinto de Sousa mais crimes do que aqueles que tinham sido elencados pelo Mº Pº .

Só que se trata de uma interpretação infantil - com essa decisão Ivo Rosa criou condições para o aparecimento de mais uma bateria de recursos .

Recursos esses que irão, necessariamente, atrasar ainda mais o processo, como os arguidos desejam de forma óbvia e evidente . 

As ajudas na prossecução desse objectivo continuam a surgir por parte do juiz Ivo Rosa . 

Com o CSM a assistir, candidamente, a todo este espectáculo .

Para quando uma inspecção ao juiz Ivo Rosa ? 

O jogo entre o Porto e o Benfica

Os jornais desportivos e também os generalistas pronunciaram-se com profusão sobre o jogo entre o Porto e o Benfica .

Surgiram várias opções quanto ao jogador do Porto que mais se teria salientado : uns referiram o Sérgio Oliveira, outros o Corona e outros ainda o Otávio .

Estou em absoluto desacordo, mas confesso que ainda não consegui optar em definitivo entre outros dois - para mim o melhor jogador do Porto ... ou foi o Grimaldo ou foi o Ferro ...

Com o PS as boas notícias são sempre para mais tarde ...

Durante a discussão do Orçamento de Estado para 2020 na Assembleia da República o PS lá foi prometendo que em 2021concretizará uma significativa redução do IRS .

Pormenorizando algo mais sempre acrescentou que promoverá um alívio fiscal para rendimentos anuais acima de 36900 € .

Estava a discutir-se o orçamento para o ano corrente ... mas não parecia ...

Mais uma vez as boas notícias não respeitam ao imediato .

São meras promessas para futuro .

E tal promessa, como tantas outras do PS no passado, pode perfeitamente vir a cair em saco roto .

E não será difícil usar de novo a evolução da conjuntura internacional para lamentar a impossibilidade de concretizar um objectivo que era tão caro ao PS .

Já vimos este "filme" tantas vezes ...

P.S.

Novo exemplo do "filme" : em 2019 o Governo colocou em plano a obra de ampliação do Hospital de São Bernardo, em Setúbal . No OE aprovado para este ano nem um cêntimo para a obra !

Os órgãos de informação andam cheios de jornalistas analfabetos

Há poucos dias, no Diário de Notícias, foi publicado o seguinte :

"Queimada autorizada em dia solarengo assusta na Camacha . "

Como não existia nas proximidades nenhuma casa apalaçada ... e estava uma manhã radiosa era óbvio que se tratava sim de um dia soalheiro .

Só que para utilizar tal termo seria necessário que o senhor jornalista não fosse analfabeto ...

Portugal está-se a aproximar, mas ainda não alcançou a Espanha

São impressionantes os currículos de alguns dos novos eleitos do Podemos :

* Pedro de Palacio, eleito por Castilla y León - condenado em 2002 por abuso de uma menina de cinco anos ;

* Alberto Rodriguez, eleito por Santa Cruz de Tenerife - agressão a polícias ;

* Jorge Luis Baile, eleito por Huesca - agressão a um Guarda Civil em 2012 e também o Fisco pede para ele dois anos e meio de prisão ;

* Enrique Lopez, eleito por Astúrias - será julgado por agressão de polícia em 2014 ;

* Josetxu Arrieta, eleito por Guipúscoa - condenado a seis anos de cadeia por detenção de armas, só tendo cumprido um ano por ter beneficiado de uma amnistia ;

* José Ramón Galindo, eleito por Lanzarote - detido em 2008 por tráfico de drogas .

Meia dúzia de eleitos de especial calibre .

Por cá ainda vamos no ensino básico, mas estamo-nos a aproximar .

Com bons mestres ... tudo é possível ...

Uma dúvida mais do que legítima

Em 2013 o PS defendia, de forma clara e sem condições, a baixa do IVA na electricidade .

Agora, em 2020, o PS considera que a redução do IVA na factura da luz seria irresponsável e poderia colocar em causa o equilíbrio orçamental . 

Afinal em que ficamos ?

O país hoje está melhor ou está pior do que em 2013 ?

O exemplo da Noruega

Na época do ( impropriamente chamado ) liberalismo e ainda mais na fase desastrosa da 1ª República as relações políticas regiam-se pelo confronto violento e quase nunca pela tentativa de busca de consensos .

Muitos desses males continuam nos dias de hoje, agravados ainda pela posição, comum a todas as organizações políticas, localizando em qualquer uma das outras a causa dos males e dos problemas sem solução .

Estamos longe de uma prática democrática que assente numa visão de que os adversários ( não inimigos ) políticos também podem fornecer contributos válidos na construção de soluções .

Começando hoje a tentar formar esse estado de espírito talvez dentro de duas gerações nos fosse  possível ter soluções legislativas como, por exemplo, na Noruega .

Sabem que nesse país não pode haver eleições antecipadas ?

É que as crises políticas resolvem-se através do diálogo e da busca de consensos, sem a solução, aparentemente fácil, do "vamos lá fazer eleições outra vez " .

Como ainda estamos longe desse estádio democrático !

O inconcebível Ministro da Educação do Brasil

Têm sido inúmeros - e chocantes - os "pontapés na gramática" que o Ministro da Educação do Brasil vem concretizando .

Desde "imprecionante" a "haviam emendas" ( ai se haviam ... ) e de "paralização" a "suspenção" é uma girândola de erros elementares, daqueles que, nos tempos da nossa saudosa quarta classe, davam direito a um chumbo mais do que garantido .

Mas honra lhe seja : o Brasil vem resistindo à implementação do Novo Ac(b)ord(t)o Ortográfico .

Só que, com um Ministro da Educação deste gabarito, temos que reconhecer que ficaria optimamente servido com ele ...

O "queijo limiano" já chegou a Espanha !

A investidura do Governo de Pedro Sanchez, com a "muleta" do partido com o qual vinha tendo uma longuíssima fase de desencontros e de malquerenças, revelou ainda a interessantíssima realidade da "exportação" para Espanha do queijo limiano .

Muito curioso .

O deputado por Teruel - o eleito com o menor número de votos de todos os empossados - foi o mais importante de todos .

Se tivesse votado contra, Pedro Sanchez não teria conseguido a investidura .

Só que algumas singelas benesses - recuo no fecho de bilheteiras da Renfe, criação de melhores acessos rodoviários e mais umas minudências - levaram-o, apesar das brutais pressões que sofreu nos últimos dois ou três dias que antecederam a votação para alterar o sentido da sua opção, a ser o fiel da balança .

Alguns anos depois desse filme ter sido rodado em Portugal, surge agora a reprise no país vizinho .

E viva o Queijo Limiano !

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D