Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Chaise-Longue

Site de poesia, pensamentos, análise política e social, polémica, pontos de vista, interrogações e inquietações . Aparece de quando em vez, sem obrigações calendarizadas .

Site de poesia, pensamentos, análise política e social, polémica, pontos de vista, interrogações e inquietações . Aparece de quando em vez, sem obrigações calendarizadas .

Aprendizagem obrigatória de natação até ao 4º ano de escolaridade - JÁ !

O 1º Ministro Pedro Passos Coelho, no decurso da 4ª Cimeira Empresarial União Europeia/América

Latina e Caraíbas realizada em Santiago do Chile, declarou que Portugal é um país que representa

um mar de oportunidades .

Torna-se imperioso que esse mar de oportunidades não seja desperdiçado pelos portugueses .

Ora como estes, no passado recente, estão a abandonar Portugal às dezenas de milhar em cada

ano, fica a dúvida sobre se tal êxodo não se deverá apenas à incapacidade para nadar em mar tão

promissor .

Assim importará que o Ministério da Educação e da Ciência tome medidas urgentes para que não

sejam desperdiçadas as riquezas inexploradas do mar português .

Por isso : aprendizagem obrigatória de natação até ao 4º ano de escolaridade - JÁ !

Não podemos perder mais tempo !

Avancemos, rapidamente e em força .

E mais nenhum português terá que deixar o nosso país, à busca de outros mares ( provavelmente

até menos promissores do que o nosso ) .

 

Mário Soares, o Serviço Nacional de Saúde e a Encefalite

Depois de vários dias de especulações foi finalmente informado que a moléstia de que padecia Mário

Soares era uma encefalite .

Quanto a este episódio um primeiro comentário não pode deixar de ser feito - um tão estrénuo defensor

do Serviço Nacional de Saúde correu a albergar-se no Hospital da Luz, um hospital privado, em vez de

se socorrer de uma instituição pública de referência como o Hospital de Santa Maria .

Mas às contradições e às incongruências de MS já estamos mais do que habituados .

Para além disso convém recordar o que é a encefalite, finalmente diagnosticada no caso de MS pelo

Hospital da Luz ao fim de quatro ou cinco dias de muitos exames complementares .

A encefalite é uma inflamação aguda do encéfalo .

E, como é também sabido, o encéfalo é constituído pelo cérebro, pelo cerebelo e pelos pedúnculos cerebrais .

Por seu turno o cérebro é revestido por diversas camadas de substância cinzenta que constituem a sede de

todas as actividades características do homem : memória, capacidade de falar, inteligência e imaginação .

Não deixa assim de ser estranhável, mesmo para um leigo, que o diagnóstico da encefalite de MS tenha

demorado vários dias .

É que bastava ter lido os escritos de MS ao longo das últimas semanas para concluir sem sombra de dúvidas

que a doença estava lá .

Portugal, país condenado por uma classe política de pacotilha

Adensam-se núvens negras sobre Portugal .

É um Governo que finge não ter nada a ver com um estudo sobre a reforma do Estado, estudo que

atribue ao FMI como se na sua génese não tivessem participado Ministros e Secretários de Estado .

É uma oposição que nos seus vários quadrantes foge do tema como o diabo da cruz ( o que é

especialmente lamentável por parte do PS, principal partido da oposição e do qual seria desejável

a participação no trabalho, urgente e inadiável, a realizar, pois quanto aos restantes - o imobilista

PCP, a esquerda caviar do BE e os disfarçados Verdes - não era de esperar outra coisa ) .

O Estado é imutável para essas oposições : há que mantê-lo anafado e ineficiente e fingir que é

possível conservá-lo assim sem serem consumidas cada vez mais verbas a alimentá-lo ( verbas essas

que só podem ser obtidas "sugando" cada vez mais os cidadãos ) .

Seguiremos passo a passo até ao descalabro final .

Mexer nos podres é que nunca .

E, assim sendo, tudo continuará no melhor dos mundos :

* os 230 deputados continuarão o seu trabalho insano de chicana política, com "comemorações"

pontuais como a daquela deputada do PS que, possivelmente a festejar tão profícuo labor, se embebedou

e pegou a seguir, criminosamente, na sua viatura ;

* o Governo não deixará de efectuar nomeações atrás de nomeações, como as 27 do Secretário de Estado

da Cultura de uma assentada ;

* os políticos prosseguirão a sua caminhada para a reforma aos 47 anos de idade, como a autarca de

Palmela ;

* milhares de professores suportarão com estoicismo a carga brutal de oito horas de aulas semanais ;

* os majores-generais surgirão promovidos em catadupa, colocando Portugal à cabeça do ranking

europeu ;

* os juízes manterão os seus inúmeros privilégios ;

* as Câmaras Municipais permanecerão intocadas, como se não existissem algumas que mais não deveriam

ser do que Juntas de Freguesia de outras Câmaras que as absorvessem ;

* Institutos e Observatórios não serão objecto de uma análise aprofundada  dos respectivos objectivos, nem

se verificará se constituem duplicações de outras estruturas formais do Estado ;

* as Fundações, apesar de alguma redução na concessão de apoios do Estado, continuarão a ser um sorvedouro

de dinheiros públicos ( e assim, por exemplo, o dr. Mário Soares irá manter-se a perorar longamente sobre o

Serviço Nacional de Saúde português e as suas imensas virtualidades - tão postas em causa pelos "malandros"

do actual Governo -, mas recorrendo ao privado Hospital da Luz quando o problema de saúde é o seu ... ) ;

* as Forças de Segurança, em percentagem face ao número de habitantes superior à média europeia, continuarão

a deslocar-se quase exclusivamente em viaturas ou a permanecer aos magotes à porta das esquadras, só de

forma muito esporádica sendo visível patrulhamento a pé .

Realmente não era necessário o estudo atribuído ao FMI .

Todos conhecemos, há dezenas de anos, as mazelas, a ineficiência, o compadrio, a baixíssima produtividade, as

injustiças relativas, o despesismo e o gigantismo do Estado .

Mas continuamos a duvidar que exista coragem para atacar de frente o MONSTRO que esmaga o País e que o

está a empurrar para o abismo .

A tão vilipendiada Chancelerina Angela Merkel tem por vezes inteira razão nas afirmações que produz

Angela Merkel, considerada a segunda pessoa mais influente do mundo, é também uma das mais

vilipendiadas, em especial por parte daqueles ( e há imensos em Portugal ... ) que preferem que

nada se faça, mesmo quando a dor é necessária como meio de evitar um desastre total .

Também é verdade que, por vezes, A. Merkel se coloca a jeito, quer pelo seu feitio autoritário

de possuidora da verdade ( quase ) absoluta, quer pela sua incapacidade para "disfarçar" uma

gestão orientada por razões eleitoralistas internas .

Mas a verdade é que não poucas vezes tem inteira razão nas afirmações que produz .

Em recente entrevista concedida ao Financial Times A. Merkel lembrou que a Europa representa

7% da população mundial, 25% do PIB e 50% das despesas sociais, concluindo que tal situação

não pode continuar, estando o modelo social europeu condenado por falta de meios .

São dados objectivos e incontroversos, perante os quais bem gostaríamos de ouvir os "cérebros"

que falam na manutenção do actual estado de coisas, mas sem nunca concretizar as medidas a

tomar para que tudo possa permanecer incólume .

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D