Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Chaise-Longue

Site de poesia, pensamentos, análise política e social, polémica, pontos de vista, interrogações e inquietações . Aparece de quando em vez, sem obrigações calendarizadas .

Site de poesia, pensamentos, análise política e social, polémica, pontos de vista, interrogações e inquietações . Aparece de quando em vez, sem obrigações calendarizadas .

Marcelo Rebelo de Sousa - Um perito na gestão do tempo

Inúmeros portugueses estão mais do que convictos de que MRS será candidato nas próximas eleições para Presidente da ( nossa triste ) República .

Eu também .

Só estranho que muitos estranhem ( entre eles Manuel Alegre ) a demora na proclamação de Marcelo anunciando ser candidato .

Por minha parte passa-se exactamente o contrário .

Caso anunciasse a sua candidatura Marcelo teria que suspender os seus comentários semanais na TVI .

Não seria a perda da verba que recebe a motivadora do atraso - embora se trate de um montante significativo, para Marcelo são peanuts .

A razão é outra : Marcelo, deste modo, mantém uma grande audiência e não está handicarpado nos comentários que produz .

Marcelo Rebelo de Sousa mostra assim uma invulgar perícia na gestão do tempo .

As "manobras" femininas

No Museu de Lisboa, localizado no Palácio Pimenta, ao Campo Grande, esteve visitável até hoje uma exposição muito interessante de pintura e desenho intitulada "Varinas de Lisboa - Memórias da Cidade" .

Para além da própria exposição, porém, ficou-me na memória um curioso comentário de José Guerreiro Murta sobre as "manobras" efectuadas pelas damas visando apresentarem-se sempre da melhor forma possível .

Escreveu então JGM :

" ..., adelgaçando, avolumando e elevando a "colina" o que é naturalmente "planície" ... " .

Uma descrição deliciosa .

2014-2015, o SLB e as competições europeias

Estive hoje a almoçar, com a minha mulher, na Adega da Tia Matilde, onde vamos com alguma frequência  pois o restaurante é muito bom .

Lá conversamos com o Senhor Emílio, o simpatiquíssimo proprietário, o qual já se encontrava "equipado" com camisa e camisola vermelhas para ir, como ferrenho benfiquista, até ao Estádio da Luz festejar o campeonato em dose dupla .

À saída pedi-lhe o favor de transmitir ao treinador Jorge Jesus as minhas felicitações pela magnífica campanha do "Glorioso" nas competições europeias ...

Até quando as autarquias continuarão agachadas perante os clubes de futebol ?

Recentemente três acontecimentos negativos tiveram lugar no âmbito do fenómeno futebolístico :

a) a reacçaõ exageradíssima de um graduado da PSP de Guimarães face a um simpatizante benfiquista ;

b) a pilhagem brutal nas instalações desportivas utilizadas pelo Vitória de Guimarães, pilhagem realizada, segundo tudo parece indicar, por apoiantes do SLB ;

c) os actos violentos praticados por um sector dos participantes na festa benfiquista que teve lugar na Praça Marquês de Pombal .

Os órgãos de informação deram destaque a todos e cada um destes lamentáveis acontecimentos, mas não demonstrando equidade no seu tratamento, uma vez que repetiram até à exaustão as imagens referentes ao primeiro, mas muito menos as respeitantes aos outros dois .

Por minha parte vou comentar em especial os acontecimentos do Marquês de Pombal .

Primeiro do que tudo recordando ( o que tenho por muito importante ) que a PSP se mostrou, de forma clara e fundamentada, contrária à realização dos festejos nesse local .

Porém, a Câmara Municipal de Lisboa e o Sport Lisboa e Benfica defenderam posição oposta e concretizaram as comemorações no local em causa, com as lamentáveis consequências que são conhecidas .

Situações deste tipo continuam a verificar-se em especial devido ao facto de a generalidade das autarquias se manter refém do fenómeno futebolístico .

A coragem e a frontalidade de um Rui Rio são a excepção neste universo de "paus mandados" em que se tornaram as Câmaras Municipais face aos clubes de futebol, em especial os mais poderosos e com mais vastas massas associativas .

Se existisse determinação na defesa do interesse geral as autarquias não permitiriam comemorações deste tipo no espaço público e considerariam que o local adequado para o efeito seriam as instalações desportivas  do próprio clube .

Aí, se surgissem energúmenos à solta, provocariam estragos nessas instalações e não no espaço público .

Mas para decidir assim seria necessário que as autarquias deixassem de estar agachadas perante os clubes .

 

 

 

O voto de Nicolau Santos nas próximas legislativas

No seu espaço semanal no Expresso Nicolau Santos esclareceu em que partido irá votar nas eleições legislativas de Outubro :

* num partido que tenha uma visão, uma estratégia, uma ambição para o país ;

* num partido que coloque o mar no centro dessa estratégia ;

* num partido que assuma o compromisso de, até ao final da legislatura, canalizar 3% do Orçamento do          Estado para a área da ciência, investigação e desenvolvimento ;

* num partido que assuma que 1% do Orçamento do Estado será investido na área da Cultura ;

* num partido que ataque de frente a questão da baixa natalidade ; 

* num partido que me diga que vai resolver o problema das baixas qualificações de 2/3 da população activa;

* num partido que não transija em matéria de ética e de corrupção .

E concluia dizendo que " se houver um partido que cumpra a maior parte destes requisitos, pode contar com o meu voto " .

Por minha parte estou disposto a apostar, dobrado contra singelo, que Nicolau Santos se irá ver forçado a votar em branco nas próximas legislativas ...

O Real Madrid, depois de Mourinho

Ao ver o Real Madrid, com uma exibição miserável, ser eliminado nas meias-finais da Liga dos Campeões por um adversário ( relativamente ) acessível alguns considerandos me surgiram como imperiosos :

1º - não basta ser um "tipo porreiro" ou um "avôzinho simpático" para conseguir dirigir capazmente a nau madrilista ;

2º - o balneário, a gestão e as massas associativa e simpatizante do Real Madrid tornam necessário muito mais do que isso ;

3º - só um treinador com uma mentalidade forte, interessado em consensos mas também capaz de efectuar as rupturas que certas situações tornem imperiosas ( sem se preocupar com as consequências disso na sua imagem ), pode extrair da equipa do RM tudo aquilo que ela pode dar - e que foi possível ver que dava, no tempo de Mourinho, batendo o Barcelona e estabelecendo recordes .

É por isso que inúmeros adeptos do Real já devem andar por estes dias a sussurrar, ou mesmo a dizer alto :

Volta, Mourinho, estás perdoado !

 

ADENDA

Em 1 de Fevereiro de 2012 coloquei no meu blog um post com o título "A frase, algo "assassina", de José Mourinho . A vingança serve-se fria" .

Foi quando, reagindo aos assobios de alguna adeptos do Real Madrid no Santiago Bernabéu, Mourinho disse :

"Um dia respondo-lhes e aí eles ficam tristes" .

Sobre o assunto eu terminei então assim :

" ... ficando a ver, no seu novo desafio em Inglaterra, se o seu sucessor não fará com que lamentem amargamente a sua partida " .

Bruxo ! 

António Costa, um amador em matéria de cálculo de probabilidades

António Costa declarou de forma determinada :

" Espero que ninguém pense em comprar mais de 49% da TAP " .

Com esta afirmação AC revela à saciedade uma postura de amador em matéria de cálculo de probabilidades .

Quando :

* ocorreu uma greve na transportadora aérea que se estendeu por dez dias e que provocou dezenas de milhões de euros de prejuízos e uma deterioração dificilmente recuperável da imagem da empresa,

* o Sindicato dos Pilotos ( de alguns pilotos, diga-se de passagem ) não recuou numa greve contra a qual muitos pilotos, a esmagadora maioria dos restantes trabalhadores da TAP e os portugueses em geral se manifestaram de forma inequívoca,

* de uma associação sindical cujo porta-voz principal tem o apelido Santinhos ( mas se revela muito mais Diabo do que Santo ... ) é de esperar que formas de conflitualidade permaneçam e eventualmente se possam até agravar,

* esse Sindicato chega ao extremo de se congratular com um prejuízo estimado em trinta ou mais milhões de euros provocado à Companhia pela greve,

só um espírito absurdamente desfazado das realidades negociais pode admitir - e esperar - que surjam interessados na TAP capazes de nela injectarem dinheiro sem ficarem detentores dos instrumentos que lhes possibilitem gerir a empresa .

Beneméritos desse tipo fazem parte do passado, se é que alguma vez existiram !

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D