Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Chaise-Longue

Site de poesia, pensamentos, análise política e social, polémica, pontos de vista, interrogações e inquietações . Aparece de quando em vez, sem obrigações calendarizadas .

Site de poesia, pensamentos, análise política e social, polémica, pontos de vista, interrogações e inquietações . Aparece de quando em vez, sem obrigações calendarizadas .

Bernardo Silva e o SLB

Luis Filipe Vieira, a prpósito de uma questiúncula com Bernardo Silva, disse que ele não voltaria a vestir a camisola do clube .

Bernardo Silva, se tivesse tão pouco nível como certos dirigentes do Benfica - felizmente para ele não tem, pelo que não entra nesses "jogos florais" -, poderia retorquir algo deste tipo :

Não sou eu que não tenho qualidade para o Benfica .

É o Benfica que não tem qualidade para mim .

O analfabetismo no Bloco de Esquerda

Todos sabemos os enormes malefícios que foram trazidos à Língua Poruguesa pelo Novo Ac(b)ord(t)o Ortográfico.

Mas, apesar disso, não é o responsável único pelo analfabetismo que campeia em Portugal .

Vejam só este "mimo" que consta da propaganda do Bloco de Esquerda em Setúbal .

Ao falar de

               Impostos justos

surge esta "pérola" :

"O Contrato de Reequilíbrio Financeiro da Câmara não pode servir de desculpa para a imposição da taxa máxima de IMI .

Há ( !!! ) boleia deste contrato a autarquia de Setúbal mantém a taxa máxima há ( aqui sim ! ) 14 anos, escolhendo pagar dívidas à custa das famílias ."

Uma maravilha !

Francisco George na Direcção-Geral de Saúde - Um percurso exemplar

 

Francisco George vai deixar de ser Director-Geral da Direcção-Geral de Saúde no próximo dia 20 de Outubro, por imperativo legal : completa 70 anos de idade .

Os muitos anos a dirigir a DGS foram absolutamente exemplares .

Mudaram os Governos e as linhas políticas destes e Francisco George permaneceu, por uma razão evidente para todos - a sua gestão do cargo foi exclusivamente técnica ( e técnica no mais elevado grau ), norteada por um sentido de serviço inultrapassável e por uma qualidade profissional rara .

É de figuras deste gabarito nos mais altos cargos do Estado que a Administração Pública em Portugal precisa como de pão para a boca .

Infelizmente escolhas tão acertadas como esta são raras no nosso país, uma vez que - e é lamentável que assim seja - se privilegia mais o cartão de militante do que a capacidade técnica .

E, por assim ser, com a mudança de Governo mudam também, na maioria dos casos, os ocupantes das cadeiras, pois a sua qualidade é limitada e não justifica a permanência . Só que as novas escolhas são, por via de regra, tão falhadas quanto as anteriores .

Se mais fossem escolhidos com as qualidades de Francisco George a nossa Administração Pública estaria muito melhor .

Obrigado, dr. Francisco George, pelo seu meritório trabalho e desejos das maiores felicidades futuras, esperando que possa continuar a colocar ao serviço de Portugal as suas invulgares qualidades .

Críticos selectivos ... e parciais

Os críticos da "sinistra" existentes na nossa praça escolheram como um dos inimigos de estimação o Presidente dos EUA .

Tudo serve para o criticar e, quando não o podem fazer, silenciam os aspectos positivos, por poucos que sejam .

Todos recordamos que se atiraram como gato a bofe quando do anúncio por Trump do muro com o México, enquanto omitiam que o mesmo já tinha partes construídas por Obama, o ídolo dessa mesma "sinistra" .

Agora anuncia-se a construção de um outro muro, com três metros de altura, um custo de vinte milhões de euros e rodeando a Torre Eiffel .

Sobre essa iniciativa um silêncio sepulcral .

Claro, não é iniciativa de Trump !

O mesmo silêncio face ao significativo encontro entre o Secretário-Geral da ONU, António Guterres e Donald Trump.

Muita coincidência de pontos de vista e elogios mútuos não podem ter deixado satisfeitos esses comentadores .

Silêncio absoluto mais uma vez, que ver essa realidade custa-lhes imenso .

Que espectáculo ver a azia da "sinistra" !

As "modernices" na série "Madre Paula"

Já num post anterior me pronunciei sobre a série "Madre Paula", exibida na RTP1, considerando-a interessante e com uma adequada reconstituição da época, só tendo apontado como negativo um som de péssima qualidade .

Também as interpretações são de bom nível, em especial as de Paulo Pires e de Sandra Faleiro .

Tratando-se de acontecimentos da década de 20 do século XVIII é mais do que compreensível que as falas não correspondam à época .

Só que no último episódio "pecou-se na modernice" .

É que, na longa cena desenvolvida na igreja, tudo se passa como se o Concílio Vaticano II tivesse tido lugar no século XVII ou nos começos do século XVIII ...

E não se pode dizer que fosse muito complicado ter havido um cuidado especial nessa matéria .

Tribunais Constitucionais

O Parlamento da Catalunha, no dia 6 do mês em curso, com a ausência dos deputados do Ciudadanos, do PP e do PSOE, aprovou a realização de um referendo visando a independência da Região em relação ao Reino de Espanha .

O Governo espanhol apresentou um primeiro recurso no Tribunal Constitucional no próprio dia .

O referendo foi suspenso, de forma cautelar, por ordem do Tribunal Constitucional logo no dia imediato .

Quanto tempo demoraria um acórdão do Tribunal Constitucional português em matéria semelhante ?

 

Pág. 1/2

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D