Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Chaise-Longue

Site de poesia, pensamentos, análise política e social, polémica, pontos de vista, interrogações e inquietações . Aparece de quando em vez, sem obrigações calendarizadas .

Site de poesia, pensamentos, análise política e social, polémica, pontos de vista, interrogações e inquietações . Aparece de quando em vez, sem obrigações calendarizadas .

O Benfica continua na procura afanosa de um penta ( de derrotas ) na Liga dos Campeões

Quarto jogo e quarta derrota .

Novo jogo internacional e mais duas grandes penalidades assinaladas .

Dois comentários se impõem :

1º - é tempo de o treinador Rui Vitória ( que paradoxo ! ) lembrar aos seus jogadores ( mal habituados nos jogos nacionais ) que, em partidas internacionais e com árbitros estrangeiros, as faltas por eles cometidas na sua grande área com grande probabilidade darão lugar à marcação de castigos máximos ;

2º - faltam apenas dois jogos e se o Benfica conseguir alcançar  num deles mais uma derrota estará conquistado um penta memorável, a acrescentar ao já obtido no encontro de Basileia .

Incêndios - Criminosos a mais ou prevenção a menos ?

Na sequência da deserção criminosa que possibilitou a ocorrência das catástrofes de Pedrógão Grande e da subsequente quatro meses depois, com mais de uma centena de vítimas, o Governo, numa primeira fase, tentou desculpabilizar-se com o excessivo calor e a actividade dos incendiários ( para além de um incrível Secretário de Estado que defendeu a intervenção prioritária das populações no combate aos fogos !... ) .

O tempo demostrou com clareza que assim não foi .

O calor continuou, os incendiários não meteram férias e, mesmo assim, a acalmia instalou-se .

Tudo ficou claro - agora até para o Presidente da República !...

O verão tivera início e tudo se mantinha, plácido e rotineiro .

A prevenção não fazia parte do léxico do Governo .

Postura apenas reactiva e nunca proactiva, com os resultados chocantes e dramáticos que se viram .

Só que o Governo, finalmente, começou a trabalhar .

Com algumas medidas preventivas tudo mudou .

A conclusão é óbvia : não existiam criminosos a mais mas sim prevenção a menos .

 

PSD - Rui Rio ou Pedro Santana Lopes ?

É previsível uma "batalha" interessante entre estes dois candidatos ( até agora os únicos que se posicionaram para o efeito ) à liderança do PSD .

Dois candidatos com características e mentalidades bem diferentes .

Santana Lopes, visando uma informação mais completa aos e uma opção mais consciente e alicerçada dos militantes do partido - os que irão, através do voto, fazer a escolha -, propôs a realização de debates entre os candidatos em todas as distritais do PSD .

Rui Rio rejeitou de imediato a proposta, optando por um caminho populista e rasteiro, fazendo campanha nos órgãos de informação .

Foi assim que, estupefacto ( !), com ele deparei ontem no programa da Filomena Cautela na RTP1, apresentando-se risonho e desgargalado .

Se eu fosse militante d PSD já não precisava de mais nada .

A minha escolha já estava feita

Nas competições europeias o Benfica só tem vitória no nome do treinador ...

O Benfica tem tido uma campanha absolutamente desastrosa nas competições europeias da presente época - três derrotas em outros tantos jogos .

Bem se pode dizer que somente tem vitória no nome do seu treinador .

Treinador esse que também tem tomado opções não apenas erradas mas, pior ainda, discriminatórias e, em consequência, causadoras de mal estar no seio do grupo .

O tratamento chocantemente diferente dado aos guarda-redes Bruno Varela e Svilar ( em benefício do último ) é um caso paradigmático .

Um treinador é um condutor de homens e, com atitudes destas, Rui Vitória vem-se mostrando pouco dotado nesse plano .

Incêndios : Pequenas alterações irrelevantes enquanto a incompetência permanece

A vergonhosa saga dos incêndios permanece, provocando incredulidade e revolta nos portugueses .

Na prevenção das e no combate às ignições a incompetência não dá tréguas .

É certo que existem algumas pequenas mas irrelevantes alterações, a saber :

* o Presidente da República já deixou de dizer, como em Pedrógão Grande, que " o que se fez foi o máximo que se poderia ter feito . Não há nem falha de competência, nem de capacidade, nem de imediata resposta . "

* a " moribunda " Ministra da Administração Interna deixou de ir chorar para os locais do crime .

Só que, quanto ao resto, a incompetência persiste .

Pois, pois ...

A situação de António Mexia na EDP fragilizou-se a partir do momento em que começou a ser visível que o seu poder negocial tinha entrado em declínio, tudo se orientando no sentido da redução das rendas excessivas das quais a eléctrica tem beneficiado .

E começaram a alinhar-se nomes para o substituir .

Entre eles surgiu o de Diogo Lacerda Machado para Presidente Executivo ( CEO ), cenário que constava estar a ser equacionado pela China Three Gorges, que tem uma participação qualificada na empresa ( 23,26% ).

DLM apressou-se a declarar que não tem perfil para CEO .

Mas já quanto ao lugar de Chairman da EDP, lugar presentemente exercido por Eduardo Catroga, fechou-se em copas, recusando fazer quaisquer comentários .

Sabendo-se que DLM é o maior amigo de António Costa, o actual Primeiro-Ministro, e que os chineses não brincam em serviço, fica um curto comentário enquanto não surgem novos desenvolvimentos : Pois, pois ...

Uma Carregueira especial para políticos e figuras públicas

O Governo deu a conhecer o seu ambicioso objectivo para os estabelecimentos prisionais : encerramento de oito e construção de cinco novos, entre eles um edifício penitenciário ( VIP ? ) a construir no EP de Leiria e destinado a políticos e a outras sinistras figuras públicas .

Apenas dois breves comentários a propósito do tema :

* torna-se expectável que, com essas magníficas condições, possam crescer de forma significativa os casos de reinserção social, multiplicando-se as situações tipo Isaltino Morais ;

* se os órgãos de investigação criminal e os tribunais funcionarem de forma eficiente a cadeia em causa não tardará a ficar com a lotação esgotada .

O "P"SD, os lacraus de 1ªclasse ( os barões) e os restantes

A organização política denominada "P"SD justifica plenamente o "P" de partido .

Realmente hoje, como já muitas vezes sucedeu ao longo dos anos, o bando de lacraus ( com os barões à cabeça, coadjuvados pelos restantes) vai partindo a organização, fragilizando-a e reduzindo-a .

É uma lamentável repetição .

Para o afirmar basta recordar que o próprio Francisco Sá Carneiro, mais tarde assassinado, bateu com a porta no PSD, deixando-o à deriva .

Até que milhares reunidos no Campo Pequeno ( entre os quais eu me encontrava ), além de muitos outros ao longo do país, gritaram com força "Francisco, toma conta disto !" e ele retornou, reerguendo-o .

Pedro Passos Coelho não viu ( ainda ) ser-lhe feita justiça pela recuperação do país que recebeu em pré-bancarrota e que entregou em muito melhores condições ao derrotado ( e não tão poucochinho como isso ... ) nas últimas eleições legislativas .

É certo que Passos Coelho cometeu um enorme erro estratégico quando pensou que haveria eleições legislativas antecipadas a preceder as eleições autárquicas .

E, por assim pensar, desvalorizou estas, demorou imenso tempo a chegar à conclusão de que as autárquicas seriam as primeiras e efectuou, no timing errado, escolhas desastrosas para as Câmaras Municipais de Lisboa e do Porto .

Mas, apesar de tudo isso, merecia outro tratamento por parte de figuras ( que se julgam ) de proa no "P"SD e até pelo todo nacional .

Agora, vai começar a vergonha que já se antevia .

"O Expectante" prepara-se para o ataque .

Já sabemos do que a casa gasta .

Ele espera, espera, espera, até ver que o adversário já está putrefacto .

É uma metodologia que provoca vómitos .

Perfila-se a busca de uma alternativa, de molde a evitar que "O Expectante"venha a ser entronizado sem mais .

Mas são de temer novas crises no "P"SD, com o partido mais uma vez em frangalhos .

Há imensos militantes e simpatizantes que não mereciam isto .

Mas é, infelizmente, o que, mais uma vez, é previsível vir a suceder .

Pág. 1/2

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D