Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Chaise-Longue

Site de poesia, pensamentos, análise política e social, polémica, pontos de vista, interrogações e inquietações . Aparece de quando em vez, sem obrigações calendarizadas .

Site de poesia, pensamentos, análise política e social, polémica, pontos de vista, interrogações e inquietações . Aparece de quando em vez, sem obrigações calendarizadas .

O Novo Ac(b)ord(t)o Ortográfico e a produtividade na Assembleia da República

O projecto de lei que tinha em vista, de forma chocante e escandalosa, ampliar as benesses de que já beneficiam os partidos políticos, deu entrada na Assembleia da República no dia 19 de Dezembro de 2017 e foi aprovado dois (!!!) dias depois, após uma análise em plenário que terá durado dezassete minutos !!!...

Sendo assim notória uma impressionante melhoria na produtividade dos deputados fica-se na esperança de que o assunto referente ao Novo Ac(b)ord(t)o Ortográfico, a "dormir" há imenso tempo nos Passos ( mais do que ) Perdidos, possa agora ser objecto de análise a muito curto prazo ...

As "prendas" nos "sapatinhos" dos partidos políticos

Nas vésperas do Natal PSD, PS, BE, PCP e PEV - honra ao CDS-PP e ao PAN que votaram contra -, quase pela calada da noite, aprovaram uma legislação natalícia, engordando-se de forma despudorada .

O que aprovaram ?

* Financiamento sem restrições para as suas máquinas partidárias . Existia um limite, que era de cerca de 630.000€ - 1500 vezes o valor do indexante de apoios sociais -, passando o financiamento, a partir da entrada em vigor desta lei iníqua, a ser ilimitado .

* Devolução de todo o IVA pago, até aquele que não se mostre relacionado de forma directa com as suas actividades políticas e a promoção da organização .

* Possibilidade de ocupação gratuita  de imóveis ou outros espaços detidos pelo Estado ou por IPSS .

Ficamos à espera para ver se o Presidente da República, no intervalo de selfies, mergulhos, abraços e beijinhos, mostra ser capaz - como espero - de uma atitude firme quando este diploma vergonhoso chegar ao Palácio de Belém .

Paula Brito e Costa, uma imitadora muito limitada de Carlos César

A criadora e antiga presidente da Raríssimas - que ainda "resiste", até ver, como directora-geral autonomeada da instituição - lá foi albegando a família, pois também prestavam serviços na entidade o cônjuge e o filho .

Hà quem assinale a grande dimensão destas colocações familiares, como se fossem exemplar único ou, a não ser único, de um volume inusitado .

Erram imenso os que pensam assim .

Paula Brito e Costa não passa ainda de uma pequena aprendiza quando comparada com certas figuras públicas que multiplicaram os cargos colocados ao dispor dos seus familiares .

Se olharmos, por exemplo, para Carlos César, o presidente e líder parlamentar do PS, vemos que Paula Brito e Costa se encontra ainda muito distante da performance notável na matéria desse dirigente socialista ...

 

O Benfica e o excepcional HEXA

O Benfica, não satisfeito com o PENTA que já tinha alcançado na jornada anterior, fechou com chave de ouro a sua campanha na Liga dos Campeões com a sexta derrota em seis partidas, conquistando assim um HEXA que, como é visível pelo percurso dos restantes trinta e um participantes, é quase impossível de obter .

A eleição de Mário Centeno para a presidência do Eurogrupo

Já imensos comentários foram produzidos e inúmeras loas vieram à luz do dia a propósito da eleição de Mário Centeno para a presidência do Eurogrupo .

Muitos e variados foram os pontos focados, uns com maior e outros com menor relevância .

Por minha parte debruço-me apenas sobre dois aspectos cujo desenvolvimento futuro se pode revelar interessante, confirmando ou infirmando o meu entendimento . Vejamos :

1º - a incomodidade do PCP e do BE era mais do que previsível : ver o Ministro das Finanças de Portugal ( o "homem da massa" que, reconheça-se-lhe esse mérito, tem levantado obstáculos à multiplicação das despesas e à atribuição indiscriminada de benefícios, pretendidas por essas duas "peças" da geringonça ) à frente do Eurogrupo, gestor e defensor da ortodoxia financeira e orçamental dos países da UE, deve provocar-lhes calafrios ;

2º - o papel de Mário Centeno não deverá vir a ser tão relevante quanto o Governo e órgãos de informação a ele afectos fazem supor : repetiu-se a escolha habitual para a presidência do Eurogrupo de um Ministro das Finanças de um pequeno país ( Portugal é assim presentemente, embora não o tenha sido no passado ), pois os ditames continuarão a ser emanados da dominante Alemanha - aquela que não cumpre as regras da UE no que concerne aos saldos excessivos sem que sequer lhe seja chamada a atenção -, com a França como um acólito não muito relevante .

E assim muda a presidência ... para que tudo fique na mesma ...

 

"Lazer e Floresta" e a descentralização

A nova entidade, criada pelo Governo para a gestão da floresta, chama-se "Lazer e Floresta", está integrada na Parpública e terá um impacto orçamental de cinco milhões de euros em 2018 .

Na sua "fúria descentralizadora" o Governo estabeleceu a sede da entidade ... em Lisboa !...

Mas não nos apressemos nas críticas - daqui a uns tempos, num brilharete descentralizador, o (des)Governo mudará a sede para Freixo de Espada à Cinta !!!

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D