Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Chaise-Longue

Site de poesia, pensamentos, análise política e social, polémica, pontos de vista, interrogações e inquietações . Aparece de quando em vez, sem obrigações calendarizadas .

Site de poesia, pensamentos, análise política e social, polémica, pontos de vista, interrogações e inquietações . Aparece de quando em vez, sem obrigações calendarizadas .

Previsão ( quase ) garantida

No segundo dia do Forum do Treinador, que teve lugar em Braga, Rui Vitória, o treinador do SLB, disse o seguinte de forma textual :

"Somos a Liga onde há menos tempo útil de jogo das principais ligas europeias . São 49 minutos, salvo erro . Um jogo da Champions, em média, tem 61 . São 12 minutos a mais . Uma das formas de competir mais lá fora é isto tudo aumentar . Somos a Liga que tem mais tempo de jogo parado" .

Acrescentou ainda que para as coisas mudarem tem de "haver o esforço de todos" .

Já estou a prever o filme futuro - o Gabinete de Crise do "Glorioso", com a supervisão do homem dos pneus e do camião, a bater palmas ao Rui Vitória por este deixar de fazer substituições de jogadores sem qualquer objectivo táctico mas apenas com a intenção de "queimar" tempo de jogo ...

Iliteracia ?

É deprimente e chocante assistir aos profissionais de futebol quando em deslocação, seja a entrar para um autocarro que os transporte para o local de estágio ou para o próprio rectângulo de jogo ou ainda a caminho do aeroporto para uma viagem que anteceda um prélio internacional .

É vê-los a digitar furiosamente os smartphones ou a ouvir música com auscultadores de enormes dimensões .

Mas alguma vez os viram a ler um livro ou com um debaixo do braço ?

Uma dúvida pertinente

Gostava de perceber o motivo pelo qual os futebolistas oriundos da região e que, de forma tão veemente, apoiam a independência da Catalunha continuam a integrar a selecção espanhola .

Os Nunos que andam por aí

U m funcionário do Sporting, de nome Nuno qualquer coisa, na sequência da vitória da Académica, no Seixal, sobre o Benfica B por 4-0, teve a suprema desfaçatez de insinuar que o Benfica facilitara a tarefa da Académica a troco de votos de apoio nas reuniões da Liga .

Não tardou que o Sporting B perdesse com o Santa Clara também por 4-0 !

Se a Académica tivesse igualmente algum Nuno desses ao seu serviço poderiam esperar-se comentários do mesmo tipo .

Só que a Académica tem outro nível e não alberga Nunos desse jaez .

A pontaria errada no tema dos minutos de compensação nos finais das partes dos jogos de futebol

Na vergonha que tem sido a"batalha" travada entre dirigentes e comentadores clubistas no futebol nacional avultou nos últimos tempos a análise, apaixonada e não isenta, aos minutos de compensação concedidos pelos árbitros nos finais das duas partes dos jogos .

E, no essencial, culpam os árbitros por usarem um poder absoluto na matéria, tomando não raras vezes as decisões sem fundamento compreensível e válido e até mesmo prolongando o tempo de jogo para além da compensação estabelecida .

A análise assim feita é muito incompleta e parcial, ignorando e deixando de lado ( por razões inconfessáveis ) inúmeras outras causas que levam à fixação dos minutos de compensação .

Há muitas atitudes ilegítimas pelas quais são responsáveis intervenientes directos nos prélios :

* são os treinadores que efectuam substituições de jogadores sem qualquer finalidade táctica mas apenas para "gastar tempo" ;

* são demoras na execução de pontapés de baliza, que levam em especial os guardiões mas também outros jogadores a serem sancionados com cartões amarelos ;

* são os jogadores que "inventam" lesões para que o tempo de jogo restante se escoe .

O assunto - que é grave e de grande pertinência - não se resolve tratando-o pela rama mas sim de forma profunda, radical e eficaz .

Pensando-se noutras modalidades - andebol, basquetebol, futsal, hoquei em patins, etc., etc. - verifica-se que o problema não existe .

É que nessas modalidades o tempo de jogo é mesmo tempo de jogo e não fica dependente de decisões mais ou menos fundamentadas dos árbitros .

Por isso pergunto qual a razão da espera para a FIFA e a UEFA decidirem que :

* os jogos dos campeonatos profissionais de futebol passem a ter duas partes, cada uma delas de 30 minutos ;

* a duração seja medida a cronómetro, correspondendo ao tempo efectivo de jogo ;

* a implementação da medida tenha obrigatoriamente lugar a partir da época 2019-2020 .

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D