Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Chaise-Longue

Site de poesia, pensamentos, análise política e social, polémica, pontos de vista, interrogações e inquietações . Aparece de quando em vez, sem obrigações calendarizadas .

Site de poesia, pensamentos, análise política e social, polémica, pontos de vista, interrogações e inquietações . Aparece de quando em vez, sem obrigações calendarizadas .

A pandemia, o futebol e um conjunto de dúvidas e interrogações

Na actual conjuntura de crise profunda em que a pandemia colocou todo o nosso planeta continuam a existir situações que não consigo entender no futebol .

Primeiro que tudo o facto de, com a brutal redução de receitas que se verifica - e irá continuar ainda, sabe-se lá por quanto tempo - vermos todos os dias contratações de futebolistas por dezenas de milhões de euros . Acresce que recentemente jornais desportivos referiram que, em Portugal, os orçamentos dos clubes subiram 111.000.000 € para a nova época .

A seguir choca-me também que os órgãos de informação desportivos chamem a todas as contratações realizadas "REFORÇOS", quando se sabe pelo passado que alguns desses profissionais nem chegam a pisar os relvados em competição .

São também risíveis as cláusulas de rescisão fixadas quando das celebrações contratuais, mais risíveis ainda quando as comparamos com os valores concretos costantes dos subsequentes acordos de transferência . 

Isto para já não falar de matérias que Rui Pinto domina melhor do que ninguém ...

Um magnífico exemplo

Ao mesmo tempo que a DGS declarou querer, no máximo, 55.000 pessoas em Fátima a Ministra de Estado e da Presidência Mariana Vieira da Silva confessou que o Governo não tem neste momento condições para limitar eventos políticos ou religiosos .

Mais um significativo exemplo de coordenação exemplar entre o Governo e os Serviços Públicos ...

O grande Benfica europeu !...

O Benfica foi eliminado logo na primeira tentativa para o acesso à fase de grupos da Liga dos Campeões, depois de uma exibição paupérrima na Grécia .

Antes do jogo Jorge Jesus, impante e categórico, dissera :

"Já não quero ser só campeão nacional ."

Tem inteira razão - no seu horizonte deve estar a perfilar-se a Taça da Liga ... 

O Presidente da República faz declarações que só o seu comportamento num futuro próximo torna compreensíveis

Marcelo Rebelo de Sousa lamentou a exclusão de Portugal continental do corredor aéreo britânico, declarando "o Algarve injustamente punido com a decisão de Londres" .

Ora a verdade é que a decisão de Londres, tratando de forma diferenciada os Açores e a Madeira por um lado e Portugal continental por outro, é mais do que compreensível . 

Os Açores e a Madeira continuam a ter um reduzido número de casos de COVID-19, mostrando-se a situação relativamente controlada . E existe descontinuidade geográfica com o Continente .

É certo que o Algarve, ao contrário da Região Norte e da Região de Lisboa e Vale do Tejo, mantém números baixos .

Mas seria complicado controlar as deslocações de cidadãos britânicos e outros em Portugal, mesmo entrando e saindo do nosso país por via aérea através do aeroporto de Faro . 

Só não vê isso um Presidente da República que, por um lado, diz que "regras são para levar a sério", "é preciso que os portugueses ajudem" e que, sobre a evolução da pandemia em LVT, acrescenta que "números são um alarme" e, por outro lado, se prepara para, descontraidamente, ir até Espanha, país no qual o surto está sem controlo ( os novos casos por 100.000 habitantes são 66 na UE, 56 em Portugal e 270 no país vizinho ! ), no próximo dia 1 de Outubro.

A CGTP-IN continua a tentar contar-nos contos de fadas

Aproveitando a circunstância de os números da pandemia se estarem a agravar a CGTP-IN sugeriu o horário das 35 horas para evitar contágios .

Ao juntar pessoas na Festa do Avante não temeu um aumento de casos .

Mas mais uma horita de labuta diária é o cabo dos trabalhos e justifica o alerta .

E um horário semanal de 20 horas não seria ainda melhor para erradicar a pandemia ?...

António Costa com a matreirice habitual

A experiência já é longa, a prática política ensinou-lhe muito e António Costa, ontem, mostrou-se mais uma vez igual a si próprio quando declarou :

Ainda não é oportuno falar sobre a candidatura de Ana Gomes .

Claro que ainda não é oportuno !

Será oportuno ... depois de ter tido lugar a eleição presidencial ...

Afinal é injusto considerar que a Justiça em Portugal é lenta ...

É frequente ouvir e ler que a Justiça em Portugal é lenta e não atende, de forma atempada, aqueles que a ela recorrem . 

Todos achávamos que era verdade e muitos de nós também entendiam que, sem prejuízo de serem necessárias reformas profundas, a situação poderia melhorar bastante se os juízes fossem mais severos para com a litigância de má fé .

Só que agora viemos a verificar que existem Servuços de Justiça bem piores do que os portugueses .

O Supremo Tribunal Federal do Brasil decidiu em definitivo um processo instaurado em 1895 ( sim, em 1895 ! ) pela Família Imperial, pedindo que lhe fosse devolvido o Palácio Guanabara, no Rio de Janeiro .

Nessa decisão definitiva - como é visível deve ter sido profundamente ponderada ... - o STF do Brasil negou o pedido da Família Imperial .

E ainda há quem se queixe da lentidão da Justiça em Portugal ...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2010
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D