Chaise-Longue

Janeiro 13 2019

Ainda decorria a campanha elitoral no PSD e já eu me manifestava considerando que Rui Rio era um contabilista de segunda e não uma figura capaz de liderar com vantagem o partido .

Apesar disso não posso agora deixar de entender que a manobra de Luis Montenegro, na época em que surgiu, é perniciosa para o PSD .

A realização de eeições antecipadas, quando ainda decorre o período de legitimidade de Rui Rio e se aproximam pugnas eleitorais, é um "presente" ao PS e ao Governo .

Compreendo assim a alternativa escolhida por Rui Rio - a convocação de um Conselho Nacional Extraordinário para apreciar e votar uma moção de confiança à direcção .

É uma opção calculista do actual presidente que, ao reduzir a análise da situação aos 136 membros do Conselho Nacional, tem a esperança de conseguir obter maioria .

Há, contudo, um outro aspecto relevante, cujos desenvolvimentos poderão levar (ou não) a concluir se Rui Rio se conduziu mais por razões pessoais de sobrevivência ou pelo interesse do partido : e esse aspecto é o da maior ou menor rapidez na marcação do Conselho .

Este, nos termos dos estatutos, deve realizar-se no prazo mínimo de 3 dias e no máximo de 15 .

Se a marcação for muito rápida será privilegiado o interesse do partido .

Se a marcação demorar fica claro que a gestão do PSD pouco se preocupa com a resolução da crise que vem fragilizando a organização .

O futuro esclarecerá este ponto da maior relevância .

publicado por Loscar Elmano às 21:38

Site de poesia, pensamentos, análise política e social, polémica, pontos de vista, interrogações e inquietações . Aparece de quando em vez, sem obrigações calendarizadas .
mais sobre mim
Janeiro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


pesquisar
 
blogs SAPO